Você está aqui

Maior usina solar integrada a um edifício da América Latina é inaugurada em SC

Projeto custou R$ 9,5 milhões e irá fornecer energia a localidades próximas ao complexo

A sede administrativa da central elétrica Eletrosul passou a ser também a maior usina solar integrada a um edifício da América Latina. A estrutura, instalada em Florianópolis, tem 8,3 mil m² e é capaz de produzir até 1,2 gigawatt-hora (GWh) por ano.

Apelidado como Usina Megawatt Solar, o complexo foi erguido sob o custo de R$ 9,5 milhões, em uma parceria entre a distribuidora e governo alemão. Com 4,2 mil módulos fotovoltaicos, o sistema será capaz de abastecer 1,8 mil pessoas - aproximadamente 540 residências.

A energia obtida por meio da nova usina ficará conectada às centrais de distribuição da região, sendo usada localmente. Também será possível para empresas e consumidores livres participarem de leilões para comprar energia limpa, obtendo um selo de garantia.

Todas as iniciativas em torno da Megawwatt Solar, de acordo com os idealizadores do projeto, têm a intenção de incentivar moradores e empresas a fazerem uso de energia solar, que é renovável e limpa.

 

Originalmente publicado em ecycle.