Você está aqui

Escassez Hídrica, Governança e Justiça Ambiental

As experiências de grandes cidades quanto aos modelos de gestão dos recursos hídricos serão apresentadas no IEA por especialistas que passam pelo Brasil por ocasião do V GovAgua - Encontro de Governança da Água.

Escassez Hídrica
Metrópoles com falta d'água no mundo evidenciam falhas na gestão da demanda e no tratamento do esgoto.

Intitulado Escassez Hídrica, Governança e Justiça Ambiental, o encontro será em espanhol, aberto ao público e sem inscrição prévia. Acontecerá no dia 10 de novembro,das 9h30 às 12h30, na Sala de Eventos do IEA, com a moderação do professor Pedro Jacobi, coordenador do Grupo de Pesquisa Meio Ambiente e Sociedade do IEA.

“No mundo todo vemos áreas metropolitanas passando por crises de estiagem prolongadas. A experiência nos mostra que os modelos priorizam a oferta da água em detrimento do controle da demanda. Os modelos de gestão também falham ao oferecer baixos investimentos em tratamento de esgoto e um consumo livre de água, um recurso escasso”, diz o professor Jacobi.

Os debatedores analisarão, sob o olhar da justiça ambiental, os contextos de escassez hídrica no mundo, a emergência de conflitos e as reações e respostas dos atores sociais.

 

Os conferencistas

Para falar sobre o caso espanhol, o debate traz o geógrafo e historiador Leandro del Moral Ituarte, que dirige atualmente o Departamento de Geografia Humana da Universidade de Sevilha, da Espanha. Especializou-se em obras hidráulicas a partir da tese de doutorado defendida em 1990. Na ocasião, estudou a bacia baixa de Guadalquivir, que banha territórios da Andaluzia, no sul da Espanha.

Bernard Barraqué, outro convidado, é diretor de pesquisa do Centre International de Recherche sur l’Environnement et le Développement, do Le Centre National de la Recherche Scientifique, de Paris, vem focando seus estudos recentes na alocação dos recursos hídricos, avaliação de políticas e métodos sustentáveis, abordagens institucionais e participativas e análises comparativas da sustentabilidade da gestão da água nas grandes cidades europeias. Atua também na Agro ParisTech - École Nationale du Génie Rural, des Eaux et des Fôrets.

A participação de Alex Ricardo Caldera Ortega, do Departamento de Gestión Pública y Desarrollo da Universidad de Guanajuato, no México, foi cancelada devido à agenda do conferencista.

 

 


Escassez Hídrica, Governança e Justiça Ambiental
Dia 10 de novembro, das 9h30 às 12h30.
Sala de Eventos do IEA. Rua da Praça do Relógio, 109, Bloco K, 5° andar, Butantã, São Paulo.
Transmissão ao vivo pela internet.
Inscrições e informações pelo email sedini@usp.br, telefone (11) 3091-1678.
Ficha do evento: http://www.iea.usp.br/eventos/escassez-hidrica-governanca-e-justica-ambiental

Originalmente publicado em IEA.
Data do Evento: 
10/11/2015 - 09:30